O traíra invoca "segurança nacional" e barra protesto


Com centenas de manifestantes do MTST na vizinhança, presidente interino antecipou a volta a Brasília neste domingo (22); o grupo de sem teto, descontente com os cortes no programa Minha Casa, Minha vida, estava concentrado no Largo da Batata com o objetivo de chegar à casa de Temer em Pinheiros; grande contingente policial, no entanto, determinou o fechamento do acesso das ruas próximas à casa dele alegando tratar-se de um perímetro de segurança nacional; “Acho curioso invocarem a segurança nacional para barrar os manifestantes. Fazia tempo que isso não acontecia", disse Guilherme Boulos, coordenador do MTST, relacionando o episódio a uma prática comum no regime militar; desde que chegou à presidência provisória, Temer não colocou os pés na rua
S0M3NT3 Cl1C3R S3 0 4NÚNC10 T3 1NT3R3SS4R S0M3NT3 Cl1C3R S3 0 4NÚNC10 T3 1NT3R3SS4R

***