Curta, Comente, Compartilhe, Valorize os anúncios dos patrocinadores, o blogueiro Agradece!

Brasil 247: disparada na rejeição de Bolsonaro e queda na de Haddad abre espaço para virada do petista

Os brasileiros começam a reagir e rejeitar os discursos ditatoriais do candidato Jair Bolsonaro, bem como a ameaça de fechar o STF, feita pelo seu filho; segundo a pesquisa Ibope divulgada nesta noite, a rejeição ao candidato da extrema-direita subiu cinco pontos em uma semana, indo a 40%; nos votos válidos, Bolsonaro caiu dois pontos, e nas menções espontâneas a queda é de cinco pontos percentuais; já Fernando Haddad aparece em alta: subiu dois pontos nos votos válidos e viu sua rejeição cair seis pontos; o desafio agora é tirar 6,5 pontos de Bolsonaro até domingo; há horizonte para a virada e para vitória da democracia na reta final.

Ricardo Stuckert

***
Curta Comente Compartilhe Valorize os Anúncios dos patrocinadores. Agradeço

Vamos votar, com um livro nas mãos

Ta rolando uma ideia que achei fantástica, sensacional!

Domingo, todos nós 
Irmos votar com um livro na mão.

Seria legal que criassemos uma capa para colar no livro de cada um.
Mãos a obra

Resultado de imagem para haddad livro mão
***
Curta Comente Compartilhe Valorize os Anúncios dos patrocinadores. Agradeço

Ricardo Noblat: acorda gente

O filho de Bolsonaro admite fechar o Supremo. Bolsonaro diz que o destino dos "vermelhos" é a cadeia ou o exílio. Um coronel da ativa ameaça os ministros Rosa Weber e Gilmar Mendes (STF). E ainda há quem pense que Bolsonaro tem compromisso com a Democracia. 
Acorda gente!


***
Curta Comente Compartilhe Valorize os Anúncios dos patrocinadores. Agradeço

Sensacionalista: Após vídeo, Doria pode sair do PSDB e fundar partido nanico

O vazamento de uma suposta sex tape de Doria com cinco mulheres pode levar o ex-prefeito a sair do PSDB e fundar o seu próprio partido. Logo depois que o vídeo foi divulgado, o gráfico de Doria começou a cair.
De acordo com adversários, Doria não poderá nunca mais tomar medidas firmes em seu governo. O candidato também não pode endurecer no debate com França.
“Agora a gente entende porque ele defende o estado mínimo”, disse um internauta.
O candidato disse que houve “montagem” mas todo mundo viu que, no vídeo, não há montagem alguma.
***
Curta Comente Compartilhe Valorize os Anúncios dos patrocinadores. Agradeço

O pior cego é aquele que não quer vê

Para ampla maioria dos eleitores abrir os olhos enxergar e quem é Jair Bolsonaro é o que mais de doloroso pode acontecer. Preferem "acreditar" nas fake news espalhadas pelo whatsApp e nas redes sociais, nas promessas e desmentidos do mitomaníaco a reconhecer que os melhores governos que conheceram foi os do PT, Lula (2003/2010) Dilma (2010/2014).

2015 a 2016 não conta, porque sabotaram o governo.


***
Curta Comente Compartilhe Valorize os Anúncios dos patrocinadores. Agradeço

O coitado é ele, Bolsonaro

(...)
"Tudo é coitadismo. Coitado do negro, coitado da mulher, coitado do gay, coitado do nordestino, coitado do piauiense. Vamos acabar com isso", Jair Bolsonaro

Se colocando como sujeito na frase acima, tenho a responder: Não sou negro, não sou mulher, não sou gay nem sou piauiense. Sou nordestino. Me ufano de ser nordestino. Quanto ao "coitado" que fala o mitomaníaco, coitado pode ser ele e a PQP eu não!

Verme!

***
Curta Comente Compartilhe Valorize os Anúncios dos patrocinadores. Agradeço

Lei Rouanet: demonizada por Bolsonaro seu principal apoiador já se esbaldou com R$ 12 milhões

Atualmente, se você fala em Lei Rouanet, Jair Bolsonaro já sai espalhando fake news sobre seus adversários. O que o candidato do PSL não lembra é que um dos seus principais apoiadores, o empresário Luciano Hang, proprietário das lojas Havan, já se esbaldou do incentivo fiscal para poder abater do imposto de renda.
Hang, que é um dos envolvidos no esquema LavaZap de crime eleitoral, de caixa 2 e abuso de poder financeiro, já utilizou R$ R$ 12.323.338,27 dos cofres públicos para financiar 147 projetos por meio da Lei Rouanet, segundo a Carta Capital.

É isso mesmo, Bolsonaro adora demonizar a Lei Rouanet e seus seguidores, inclusive, usam a legislação para desqualificar artistas que se manifestam contra o candidato, mas e Luciano Hang já pegou 12 MILHÕES.

O empresário, que integra o bloco ‘anticomunista’ que apoia Bolsonaro, financiou, entre outros projetos, a manutenção anual da franquia brasileira do balé russo Bolshoi, símbolo da antiga era comunista. A Havan usou R$ 750 mil de dinheiro público para apoiar a companhia.
A Havan também financiou R$ 410 mil para organizar o Carnaval de 2011 da escola de samba Unidos da Coloninha, de Florianópolis (SC).

E o histórico não para por aí. Tem coação, assédio, sonegação e condenação

Outra grande mentira de Luciano Hang é sobre empréstimos do BNDES. O dono da Havan disse, em setembro, que nunca pegou dinheiro emprestado no banco estatal, MAS entre 2005 e 2014 foram mais de 50 empréstimos, totalizando R$ 20 milhões.

Ah, declarado anticomunista, Hang já usou R$ 750 mil para financiar o balé russo Bolshoi, símbolo da antiga era comunista. Hipócritas!

***
Curta Comente Compartilhe Valorize os Anúncios dos patrocinadores. Agradeço