Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 8, 2012

Economia verde ou azul?

O povo não quer saber se a economia é verde ou azul. O importante é que ele possa consumir.

Quero

Quero acordar do seu lado num domingo de manhã. 
Quero ver você me olhar entre um gole de café e outro, sem nada para dizer, e apenas sorrir antes de voltar a folhar o caderno de cultura. 
Quero a sua mão no meu cabelo, dentro do carro, no caminho do seu apartamento. 
Quero deitar no sofá e ver você cuidar das plantas, escolher a playlist no ipod e dobrar as roupas esquecidas em cima da cama. E que, sem mais nem menos, você desista da arrumação, me jogue sobre a bagunça, me beije e me abrace como nunca fez antes com outra pessoa. 
Quero deitar do seu lado na rede, olhando a lua e ouvindo você me contar histórias do passado. 
Quero escutar você falar do futuro e sonhar com minha imagem nele. 
Quero que você ignore a improbabilidade da nossa jornada e fale da casa que teremos no campo. 
Quero que você a descreva em detalhes, que fale do jardim que construiremos, e dos cachorros que compraremos. E que faça tudo isso enquanto passa a mão nas minhas costas e me beija o rosto. Que você me guarde n…

A marcha dos marcianos

por Mino Carta, em CartaCapital

Recebi de um leitor a imagem que ilustra este editorial. Primeira página de O Globo pós-golpe de 1964, Presidência interina de Ranieri Mazzilli, enquanto os donos do poder e seus gendarmes decidem o que virá. Treze dias depois o então presidente da Câmara volta a seu assento de congressista e a ditadura é oficialmente instalada. Comentário do amável leitor: eis aí os defensores midiáticos da democracia sem povo.


De fato, acabava de ser desferido um golpe de Estado, mas seus escribas, arautos e trompetistas declamam e sinfonizam a história oposta. O marciano que subitamente descesse à Terra, diante da página de O Globo, e de todas as dos jornalões, acreditaria que o Brasil vivera anos a fio uma ditadura e agora assistia à sua derrubada. Em editorial, nosso colega Roberto Marinho celebrava: “Ressurge a Democracia!”


É o jornalismo nativo em ação, entre a ficção e o sonho, a hipocrisia e a prepotência, sempre na sua função de chapa-branca da casa-grande. Vatic…

Chrome para o Windows 8

A primeira versão de testes do Chrome para a interface Metro do Windows 8 vai ser lançado nos próximos dias, junto com a próxima atualização do canal de desenvolvedores do navegador do Google.

Quem já está usando o Release Preview do Windows 8 poderá colocar o Chrome como navegador padrão do sistema e, assim, aproveitar a integração do browser com a nova plataforma da Microsoft, substituindo o Internet Explorer.

A adaptação para o Metro vai permitir o uso de touchscreen para navegar na internet. As primeiras versões do navegador vão ser integradas com algumas funções básicas do Windows 8, como a barra lateral, por exemplo.
do Olhar Digital

A tucademopiganalhada é jennial

Por que os tucademos, seus estrategistas e porta-vozes na mídia fracassam nas tentativas de convencer a maioria dos eleitores brasileiro, e por isso já levaram  três surras de Lula?...
Porque nos trata como idiotas.
Ao contrário da fábula, sabiamos que o rei estava vestido. Eles insistiram em dizer que ele estava nu.
Um bom exemplo foi durante a crise econômica mundial de 2008/2009. Para enfrenta-la o presidente Lula além de tomar as providencias práticas possíveis, também injetou uma grande dose de otimismo e confiança nos agentes econômicos. Mostrou o rumo que o mercado deveria seguir.
Quando confiantemente afirmou: que a crise era uma marolinha...os especialistas, economistas, jornalistas e tucademos e cia caíram de pau em cima dele. Irresponsável, incompetente, demagogo, foram os adjetivos mais delicados que lhe impingiram. Charges, piadas e caricaturas sobre o assunto, choveram na web.
Pois muito bem, o tempo passou e o que leio hoje?
[...] Reeleito, construiu a mais espetacular…

Aborto: necessitamos discutir

Ainda em fase de estudos no Ministério da Saúde, a proposta do governo de elaborar uma cartilha com orientações para a redução dos danos e riscos do aborto ilegal desencadeou de novo a ira dos religiosos evangélicos e católicos em nosso país. É importante deixar bem claro que em momento algum se incita as mulheres à prática. O que está em jogo é encarar o aborto de frente, sem hipocrisia. É dar informações corretas às milhares de brasileiras que pensam em recorrer ao aborto ilegal e que tem na questão a 5ª causa de morte materna no Brasil. Elas precisam saber alternativas, métodos e riscos que correm recorrendo a aborteiros clandestinos. O lobby religioso, embora legítimo, é retrógrado e artificial no Congresso e na sociedade. >>>Continua

Pai, mude o visu k c vai bomba

[...] Misterioso bilhete! Como decifrar aquela mensagem? Trabalhadora e responsável, Daniela certamente trocara o nome do canário Bisu, digitando umvno lugar dob. Afinal, nos teclados de sua máquina de escrever e do computador da filha, as duas letras são vizinhas. Mas, mudar o Bisu? Bomba? Verdade que, em comemoração à vitória de certos times de futebol, o foguetório deixava louco o pássaro dentro da gaiola. E Kleber, o fogueteiro do andar de cima, tinha em casa torcedores de todos os principais times do Brasil. Era tiroteio quase todo dia – um explosivo inferno. >>>Continua

O que José Serra foi fazer em Nova Yorque?

[...] Assistir "Cats"???? Marcos Pinho


[...] Certamente o real objetivo da viagem se deva a necessária revisão da contabilidade. O mar não está prá peixe para Cerra. Os c anais largamente usados por ele estão fechados. A Delta foi-se, outros estão presos. Pergunto eu, de onde sairá a grana da campanha?Francisco Ernesto Guerra
[...] ver de perto como é que os prefeitos de Nova York se candidatam, ganham as eleições e cumprem o mandato até o fim antes de pensar em se candidatar a novo cargo público. Muitos bons prefeitos de Nova York, inclusive, dedicaram o melhor de sua vida pública "apenas" (como se isso fosse pouco) sendo prefeito de Nova York e realizando grande obra na cidade, que melhorou muito a qualidade de vida e segurança na cidade.Gilberto Cruvinel
[...] aprender algo sobre o Programa Tolerância Zero, porque aqui o PSDB faz acordos com facções criminosas e depois, 'coitados', a população fica refém dos bandidos.Tarkus
[...] renovar o seu escudo à prov…

Suprema verdade

Gilmar Dantas foi desmentido pela PF [grampo sem áudio]... Foi desmentido por Jonhbim [mensalão]... Foi desmentido por Lula [idem]... Foi desmentido por Ayres Brito [idem]... Foi desmentido por Lewandoswisk [idem]... Foi desmentido por Luiz Fux [idem]... Foi desmentido por Tofolli [idem]...
É a prova cabal de que apenas ele [Gilmar Dantas], Veja e Laguardia falam a verdade!

O Supremo de joelhos

Os pesos e as medidas dos mensalões, por Murillo de Aragão Nunca na história deste país, como diz Lula, o STF esteve tão exposto aos humores da mídia e às pressões ditas "populares" em torno de julgamentos.O recente julgamento da Lei do Ficha Limpa é um exemplo, com ministros acuados pela repercussão de suas opiniões e um julgamento moroso que deixou diversos políticos em clima de incerteza e manteve resultados eleitorais pendentes de confirmação.Agora temos uma situação esdrúxula gerada pela proximidade do julgamento de um dos casos conhecidos como "mensalão". Vários aspectos são merecedores de profunda reflexão. Uma das reflexões possíveis aponta para uma grave questão: crimes semelhantes sendo tratados de forma distinta.A razão desse sério desvio reside na pressão da mídia. Infelizmente, em um país ainda em construção, onde a mídia de qualidade existe apenas para poucos, não é de estranhar que muitos, ao invés de noticiar, busquem "editorializar" o not…

Veja: um passe de mágica

A estorinha abaixo cai como uma luva para qualquer um dos chefões das famílias donas de impérios midiáticos.
Um Chefão morreu e foi bater às portas do paraíso. - O senhor não entra aqui - disse São Pedro -, mentiu demais na passagem pela terra.  O chefão desceu ao inferno e foi barrado pelo diabo:  - Pensa que me engana, é? Eu sei que você escrevia para um jornal religioso.  O Chefão voou para uma estrela desabitada e lá fundou um jornal. Oito dias depois de inaugurado o novo veículo, ele tinha entrada garantida no céu e no inferno.

Compra por impulso

A prazo