Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 30, 2015

Marcelo Odebrecht desmontou teatro do Moro

por Fernando Brito Arriscada, provou-se eficiente a estratégia de Marcelo Odebrecht hoje ao, finalmente, ser interrogado pelo Juiz Sérgio Moro, depois de 133 dias mofando na carceragem da Polícia Federal em Curitiba. Quem esperava um depoente raivoso ou, ao contrário, amedrontado, não viu uma coisa ou outra. A quem assistiu, ficou a impressão de alguém muito disciplinado e focado no que pretende, juridicamente. E o que pretende a defesa de Odebrecht é recolocar o processo no rito convencional: a Polícia e o Ministério Público produzem provas e o acusado as contesta. Ninguém tem a obrigação de responder a perguntas genéricas do tipo: “como eram seus negócios com a Petrobras?”, “o senhor conhece  Fulano de tal?”, “senhor já ouviu falar de tal coisa?”.
É à PF e ao MP que competem mostrar que tal ou qual negócio era irregular, que havia uma relação criminosa com aquele Fulano e que o acusado participava da “tal coisa” ilegal.

Boa noite!

Se afaste da mentes vazias Dos sorrisos forçados Dos sentimentos falsos E das pessoas sem valores
Que apenas o que for bom e sincero Ocupe nossas mentes e corações.

FHC, sem senso do ridículo

por Luis Nassif
Na grande crise de 2003, a imprensa foi atrás de todos os ex-presidentes. Três deles se comportaram como ex-presidentes, chamando a opinião pública à razão. Foram eles José Sarney, Itamar Franco e Fernando Collor de Mello. Independentemente de história e linha de pensamento, comportaram-se com a responsabilidade que se exige de um ex-presidente. O único carbonário foi FHC, pequeno, mesquinho. Não parou por aí. Sua vida pós-presidência tem sido um exercício permanente de mesquinharia, agora, aproveitando-se de uma releitura oportunista da mídia sobre seu governo – meramente devido à necessidade de se criar um contraponto ao governo Lula. FHC tem colaborado, de forma pertinaz, para destruir sua reputação perante os observadores isentos da história. Fala pelos cotovelos, sem observar nenhuma regra mínima de conduta que se espera de um ex. Sua última obra prima é esse primor de lógica política: Se Dilma não conseguir as reformas, também não conseguirá governar. A saída que tem,…

Nós aprendemos muito pouco

"Aprendemos a voar como fazem os pássaros, aprendemos a nadar como os peixes. Mas, infelizmente não aprendemos a conviver como irmãos"
by Martin Luther King 

Anjos ou demônios

Mulheres são anjos E quando alguém Por maldade Quebra suas asas Elas continuam a voar Em vassouras Porque são flex by Fiz pra vocês

O cínico e corrupto mor do Psdb volta pedir renúncia da presidente Dilma

Lê as penúltimas babaquices que esse corrupto confesso falou:
"Como está em situação delicada, com baixa popularidade e dificuldades no Congresso, a presidente deveria dizer: me deem tais e tais reformas, para criar um clima mais positivo no Brasil, que eu saio""Saio se aprovarem tais e tais coisas, uma reforma eleitoral, uma reforma da Previdência. Se fizerem isso, eu caio fora""Lula atrapalha a presidente"Farsante Hipócrita Canalha

O PT não entende o Poder Judiciário

por *Wadih Damous  
Quanto a escolha do Ministro para o STF, eu acho que os governos do PT não entendiam ou continuam não entendendo o que é o Poder Judiciário. Os critérios que devem ser obedecidos em primeiro lugar são os que estão na Constituição: notável saber jurídico e reputação ilibada. Ao obedecer esses critérios, a escolha deve ser feita por quem melhor se adéqua ao meu governo. Assim é nos Estados Unidos. Não há lá a possibilidade de um presidente republicano indicar um democrata, e um democrata indicar um republicano. E isso não torna o indicado o indicado, o nomeado, parcial. O presidente Roosevelt tinha o programa do New Deal, com programas sociais e programas de combate ao racismo. A Suprema Corte era um obstáculo. Só que o presidente Roosevelt ficou quatro mandatos, e assim teve a oportunidade de montar uma Suprema Corte de acordo com o programa do partido democrata. Não há nisso crime, e não há nisso desonestidade, e não se pode dizer que esses ministros sejam parciais…

Mensagem da Vovó Briguilina

Dilma Invocada e tal de impeachment

Dia sim, outro dia também a oposição parlamentar e midiática vem com esse lero-lero de impeachment, essa gente tem mais o que fazer não? Parem de bla bla bla e vamos ver quem tem lenha pra queimar, iniciem o processo de impeachmen, ontem. Passar bem fofoqueiros e fofoqueiras de plantão. Beijim no ombro pra ocês.


Querendo engabelar Deus

O sujeito era tão astucioso que decidiu pregar uma pegadinha com Deus. E foi conversar com Ele (teve tempo que qualquer batia papo pessoalmente com Deus), lá foi o espertinho.
- Deus, quanto é o tempo de hum milhão de anos para o Senhor?
- Um segundo!
- E quanto é hum milhão de dólares?
- Hum centavo!
- Pois me dá hum centavo.
- Dou. Espere apenas um segundo.

Com essa o malandro não contava.