Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 23, 2012

Saberes e saberes

Um filósofo cruzava um rio em um barco. Durante a travessia, mostrava sua sabedoria ao barqueiro.
- Você conhece os textos de Horbiger?

- Não - respondeu o barqueiro. - Mas conheço a natureza e desempenho bem o meu trabalho.

- Pois saiba que perdeu metade de sua vida!

No meio do rio, o barco bateu numa pedra, e naufragou. O barqueiro nadava para uma das margens, e o filósofo se afogando:

- Socorro, socorro, não sei nadar! - gritou ele desesperado. - Eu lhe disse que havia perdido metade de sua vida por não conhecer Horbiger, e agora perco a minha vida inteira por não saber coisas tão simples como nadar e conhecer as correntezas de um rio!

STF: o exercício do Poder Absoluto

por Luiz Gonzaga BelluzzoA lei promulgada pelo regime nazista em 1935 prescrevia que era "digno de punição qualquer crime definido como tal pelo 'saudável sentimento' popular'". No Mein Kampf, Adolph Hitler proclamava que a finalidade do Estado é preservar e promover uma comunidade fundada na igualdade física e psíquica de seus membros  A Falta do Contraditório e os Regimes de Exceção .Estado de exceção  Herbert Marcuse escreveu o ensaio O Estado e o Indivíduo no Nacional-Socialismo. Ele considerava a ordem liberal um grande avanço da humanidade. Sua emergência na história submeteu o exercício da soberania e do poder ao constrangimento da lei impessoal e abstrata. Mas Marcuse também procurou demonstrar que a ameaça do totalitarismo está sempre presente nos subterrâneos da sociedade moderna. Para ele, é permanente o risco de derrocada do Estado de Direito: os interesses de grupos privados, em competição desenfreada, tentam se apoderar diretamente do Estado, suprimind…

Crônica semanal de Luis Fernando Verissimo

Se todas as previsões feitas no passado sobre como seria a vida hoje dessem certo, cada um de nós teria um helicóptero — ou coisa parecida — na garagem, e para viagens mais longas só usaríamos aviões supersônicos. Os Volkswagens voadores não vieram, para não falar nas megalópoles superorganizadas com calçadas rolantes num mundo em paz permanente e sem pragas, mas o Concorde parecia ser um sinal de que pelo menos parte da visão se cumpriria, mesmo com atraso. O Concorde era um protótipo que, com o tempo, se aperfeiçoaria e se democratizaria. Seus defeitos eram desculpáveis, tratando-se de um protótipo. Fora as críticas irrelevantes (sim, querida, o caviar é Beluga, mas com a granulação errada), o pior que se dizia de uma viagem no estreito Concorde, com suas poltronas apertadas, era parecido com o que aquele inglês da anedota disse do ato sexual: o prazer é fugaz e a posição é ridícula. Tudo isso seria corrigido com o tempo, inclusive o seu maior defeito, o preço das passagens, só acessív…

Dilma cometeu dois pecados capitais

[...] segundo o merdalismo pignico
1º - Desmoralizou o Fernando Henrique, que tentou, exatamente, dar a impressão de que a seduzia para atravessar a ponte e chegar ao “lado de lá” – e trair o Lula
2º - Dilma dinamitou a teoria da “compra de voto” do PiG e do Supremo.
E por isso precisa ser abatida.

O que Cerra faz agora – com o PiG, o Datafalha e o Globope – contra o Haddad e o Russomano, em São Paulo, é o Jardim de Infância do que fará com a Dilma em 2014.

Não adianta ignorar o PiG.

Fingir que ele não existe.

O PiG não confia mais nela.

E cobrará caro não trair o Lula.

Em tempo : devo essas inúteis reflexões a conversa com o bom amigo Mauricio Dias. Que começou com a traiçao de JK a Jango.
Paulo Henrique Amorim

E por falar em mentira...Veja você

E por falar a mentira… (1) 

Essa semana, logo após sair do hospital em mais uma dolorosa internação em razão de meus problemas de saúde, dei um voto de confiança e recebi em minha casa um repórter da revista “Veja”, que para lá mandou um jornalista que já era meu conhecido e por isso tinha minha confiança. A revista aproveitou-se dessa proximidade para, de novo e infelizmente, trair o voto de confiança de quem acredita que jornalistas fazem jornalismo, e produziu uma matéria pouco exata, para dizer o mínimo, e mentirosa, para dizer a verdade. O que era para ser o perfil teve metade do texto dedicado a atribuir a mim ações que não foram minhas e não existiram. 

22/09/2012
E por falar a mentira… (2) 

Assim, por falar da mentira, não custa esclarecer a verdade: a revistinha diz que eu teria confessado o recebimento de R$ 4 milhões para que meu partido, o PTB, “apoiasse o governo Lula”. 


Mentira! Mentira deslavada e das mais desonestas! O dinheiro que nunca neguei ter sido entregue ao partido,…

A melhor dieta

Por que retratar, exibir e falar sobre a vagina ainda é tabu?

Em 1866, o artista francês Gustave Courbet pintou o quadro “A origem do mundo”. A encomenda, reza a lenda, foi feita pelo diplomata otomano Khalil-Bey, que vivia em Paris. Bey queira acrescentar algo mais picante à sua coleção de pinturas eróticas. Vigorava na arte o período realista. As cidades cresciam, urbanizavam-se, enchiam-se de cabarés, bares e bordéis. Na França, as pinturas refletiam essa vida. Três anos antes, Éduard Manet colocara uma meretriz como modelo de seu quadro “Olympia”. Leia mais>>>

Deus: ele é simples e eu chamo de você

O papiro encontrado pela professora americana Karen King, da Escola de Teologia de Harvard, menciona a existência de Jesus ter sido casado, mas a teoria ainda está sendo vista com ceticismo pelo Vaticano e outros historiadores. No papiro em questão contém a frase: 
"Jesus disse, minha esposa..." 
A professora enfatiza que o papiro não prova que Jesus tenha sido casado, mas levanta a questão desse suposto casamento, embora a tradição cristã, tão xiita quanto muçulmanos, faça questão de negar essa possibilidade e o porta-voz da Santa Sé, Federico Lombardi, afirmou que "não se sabe direito de onde vem esse pedaço de pergaminho e que isso não muda em absoluto a posição da Igreja, que se baseia em uma longa tradição muito clara e unânime", afirmou.?
Nos idiomas semíticos daquela época, mulher não significa necessariamente esposa", ressaltou. 
Por quase 2 mil anos a Igreja estigmatizou Madalena como uma mulher promíscua, devassa. 
Somente no ano de 1969 é que o Vaticano …

Julgamento ximbica II

Os dois mais importantes julgamentos políticos do Supremo Tribunal Federal (STF) desde a redemocratização estão separados por quase vinte anos. E por uma distância ainda maior no modo como em relação a eles o Tribunal se portou.   Em dezembro de 1994, em quatro sessões, julgou a Ação Penal 307. Eram 9 acusados, sendo o primeiro o ex-presidente da República, Fernando Collor. Na mesma Ação, estavam Paulo César Farias e Cláudio Vieira, respectivamente tesoureiro de campanha e antigo secretário particular do ex-presidente. Com eles, assessores e secretárias. De agosto para cá – e com perspectiva de atravessar outubro -, o STF está julgando a Ação Penal 470, sobre o “mensalão”. Nela, os acusados são 38. Não há um ex-presidente entre os réus – e não por falta de esforço dos oposicionistas mais combativos, especialmente os pitbulls da mídia conservadora. Como estariam felizes se Lula tivesse sido envolvido! Mas há, na 470, figuras estelares do PT, entre as quais uma das mais expressivas liderança…

Saberes

Um filósofo cruzava um rio em um barco. Durante a travessia, mostrava sua sabedoria ao barqueiro.
- Você conhece os textos de Horbiger?

- Não - respondeu o barqueiro. - Mas conheço a natureza e desempenho bem o meu trabalho.

- Pois saiba que perdeu metade de sua vida!

No meio do rio, o barco bateu numa pedra, e naufragou. O barqueiro nadava para uma das margens, e o filósofo se afogando:

- Socorro, socorro, não sei nadar! - gritou ele desesperado. - Eu lhe disse que havia perdido metade de sua vida por não conhecer Horbiger, e agora perco a minha vida inteira por não saber coisas tão simples como nadar e conhecer as correntezas de um rio!TwitterdiHITT Facebook BloggerTumblr Google +

Deus e o Homem fazem a mesma pergunta

Um homem resolveu partir em busca de Deus. E foi atrás dos mestres, que diziam conhecer profundamente as razões pelas quais o Universo havia sido criado, e prometiam explicar o que Deus queria da humanidade.
- Mas quem lhes ensinou isso? - perguntava aos mestres - Foi o próprio Deus?
Os mestres diziam muitas palavras bonitas, mas não conseguiam definir exatamente quem os ensinara tudo que pregavam aos quatro ventos. Depois de alguns dias de aprendizado aqui e acolá, o homem seguia adiante.
Em suas andanças, terminou conhecendo um vale, onde camponeses afirmavam que, em uma montanha próxima, Deus falava com quem se aproximasse.
E o homem foi para a montanha. Esperou durante três dias, jejuando e rezando, mas Deus não se aproximou. No quarto dia, já desesperado, ele gritou:
- Onde estás?
O eco respondeu:
- Onde estás?
E, a partir daquele instante, o homem compreendeu que Deus fazia a mesma pergunta, e que também lhe buscava.

STF e eleições 2012

O Supremo fez a parte que lhe cabia na tentativa desesperada de garantir a sobrevida do PSDB - principalmente em São Paulo -. Alguém duvida que fazer o julgamento(?) da Ação Penal 470 durante a campanha eleitoral não faz parte de armação tucademopiganalhadagolpista?...
Manchete - Mensalão vira tema de campanha nas capitais Assunto só ficou fora da eleição municipal onde o PT não tem candidatos ou eles não são competitivos. 

Arma política do PSDB contra o PT em São Paulo, o escândalo do mensalão começa a dominar a pauta de outras campanhas eleitorais pelo país. 
Levantamento feito pelo Estado nas 26 capitais mostra que em pelo menos 13 delas o tema tem sido abordado. 
O mensalão só é ignorado em cidades nas quais o partido do ex-presidente Lula não tem candidato ou o nome do PT não se mostra competitivo, como Florianópolis, Palmas e Macapá. 
A participação de Lula em comícios de aliados também fez o tema emergir na última semana Em Salvador, o líder nas pesquisas, ACM Neto(DEM) passou a abo…

Charge

Esta charge mostra bem como age a tucademopiganalhada

Bom dia