Mensagem da tarde

Laurinha diz assim:
  por Claudia Diniz Teixeira

A gente chora, faz birra, esperneia, se desespera achando que está tudo perdido. Então vem Deus, calmo, tranquilo, e nos mostra que nem está. 
- Até tento lhe acalmar, mas você não ouve ninguém quando está com raiva. Mas olha, nem tinha pra quê tanto reboliço. - Ele me fala. 
- O Senhor já me conhece, não é? - sorrio enquanto enxugo as lágrimas. 
- Conheço sim. E amo você do jeito que é. Só me faz rir às vezes com seus desesperos. Parece que nem Me conhece! Eu sempre te socorro menina, não esquece.