Sociedade é contra as principais propostas de Temer

Levantamento realizado pelo instituto Paraná Pesquisas a pedido do Brasil 247 aponta rejeição da população às principais propostas anunciadas até o momento pelo governo interino de Michel Temer.

Foram feitas perguntas sobre três medidas específicas aos 2.004 eleitores entrevistados em 162 municípios do País entre 11 e 14 de junho: a abertura do pré-sal, a proposta que coloca um teto para os gastos públicos e a reforma da Previdência.

De acordo com a amostra, 59,5% dos brasileiros são contra mudar a regra de exploração do pré-sal para que empresas estrangeiras também possam participar do negócio, e não só a Petrobras. A favor da medida estão 28,5%.

Quanto à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) enviada essa semana ao Congresso que propõe o limite de gastos públicos, incluindo saúde e educação, 56,1% se dizem contra, ante 38,5% que responderam ser favoráveis.

Já sobre a reforma da Previdência, expressivos 79% afirmam ser contra a ideia de se aposentar mais tarde. Nesta sexta-feira, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que uma proposta da reforma previdenciária deve sair em até dois meses.