Vergonha alheia

Enquanto bandidos no Senado transformavam uma mulher Honesta, Dilma Rousseff, em ré, os seus parceiros na Câmara Federal tratavam de livrar o ladrão Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da cassação.

Vermes nojentos.

Corja!