Lula - a gente quer uma sociedade da tolerância


247 - O ex-presidente Lula participou na noite desta terça-feira (6) de ato no acampamento do Levante Popular da Juventude, em Belo Horizonte. Em seu discurso, ele defendeu que os jovens se engajem na política e defendeu uma "sociedade da tolerância".

"Vamos mostrar que a gente sabe conviver democraticamente. A sociedade justa que a gente quer criar, é uma sociedade da tolerância. Se eu estava triste hoje e escolhi vir aqui, posso dizer que vocês me ajudaram a voltar para casa com ânimo. Eu quero dizer a eles que me perseguem que o problema não sou eu. Já tô velhinho. O problema deles: são vocês. Eles tem que aprender que se querem ser presidente desse país, tem que ir para rua e disputar o voto e não dar um golpe parlamentar", afirmou.

Abaixo os principais trechos do discurso de Lula:

"Eles passaram a achar intolerável o povo pobre ter um pouco mais de ascensão"

"É tão importante do pequeno agricultor, como do grande produtor de soja ou de algodão"

"Eles não assimilaram a importância dos pobres da periferia poderem entrar numa universidade e sentar ao lado dos filhos deles"

"Parece que incomodou a eles, nós em 13 anos termos investido mais na educação do que eles investiram em 500 anos"

"Nós mostramos que um outro país era possível construir e demos um primeiro passo na construção da cidadania neste país"

"Eles acham que tudo se resume ao eixo Rio-São Paulo"

"Tem um artista neste país que recebe todo o nosso respeito: Chico Buarque. Que assumiu publicamente o #ForaTemer"

"quem sonhou como a minha geração sonhou, vive uma situação triste agora. Mas ver vocês me anima"

"toda vez que se nega a política, aparece um Bolsonaro, assim como, apareceu um Hitler e um Mussolini"

"A desgraça de quem não gosta de política é que é governado por quem gosta"

"E vocês que querem construir um projeto de nação, não podem deixar de gostar de fazer política"

"Nós ganhamos e provamos que pobre não era o problema desse país e sim a solução desse país"

"Essa semana tiraram 900 mil pessoas do Bolsa Família. Eles acham q R$200 é esmola. Não entendem a importância de dar um copo de leite ao filho"

"Não tem povo mais tolerante que o povo brasileiro, porque aguentar o que a gente aguenta é difícil"

"Vamos mostrar que a gente sabe conviver democraticamente. A sociedade justa que a gente quer criar, é uma sociedade da tolerância"

"Se eu estava triste hoje é escolhi vir aqui, posso dizer que vocês me ajudaram a voltar para casa com ânimo"

"Eu quero dizer a eles que me perseguem que o problema não sou eu. Já tô velhinho. O problema deles: são vocês"

"Eles tem que aprender que se querem ser presidente desse país, tem que ir para rua e disputar o voto e não dar um golpe parlamentar.