Poesia do dia

Eu amo como quem planta mandacaru.

E odeio como quem cultiva bonsai.