Lula: começou com um sitio e pedalinhos, depois veio um triplex, agora tô bilionário, sou dono do Estádio do Corinthians

Quero vê o pig, Moro e seus Dallagnols me entregar meus bens

***
POR FERNANDO BRITO 

As delações premiadas da Odebrecht, condicionadas pela Procuradoria Geral da República a "entregarem o Lula", chegar hoje, na Folha a um grande ridículo sem precedentes.

O estádio do Itaquerão teria sido "um presente ao Lula", como se sabe , corintiano fanático.

Estranho presente este, que está sendo cobrado e complicado o endividado clube paulista.

O estádio do Palmeiras, construído pela WTorre, está pendurado em dívidas, mas não foi "presente".

História longa, que vem do fato de a Fifa ter vetado o Morumbi e ameaçado deixar São Paulo fora da Copa do Mundo.

Ainda que Lula tenha sido um incentivador do negócio, daí a dizer que ele "ganhou  o estádio de presente"- é um delírio que só pode estar na cabeça doentia desta gente.

Como é que se ganha "de presente" algo que está sendo cobrado em dinheiro?

Mas agora é assim.

Não precisa ter lógica. Isso não vem ao caso.

Se não tem triplex, tem sítio, se não tem sítio, tem estádio, se não tem estádio, tem qualquer coisa.

É como nos versos de Bilac, sobre ouvir estrelas: "decerto perdeste o senso".