Senado tem o direito de desgrampear


O regimento do Senado Federal autoriza a DEPOL a fazer varreduras antigrampo nas dependências do Congresso e afins – o que inclui as residências dos parlamentares. É a Resolução nº 59 de 2002 e atualizada pela Resolução nº 14 de 2015.

A Polícia Federal, em operação nesta manhã de sexta-feira (21), prendeu quatro agentes da Polícia Legislativa do Senado, e fez buscas e apreensão de documentos no Senado e nas dependências da DEPOL.

O Senado tem o direito de desgrampear Senador, como se vê.

O Senado não tem a obrigação de saber quem grampeou Senador.

Quem disse que o grampo tinha autorização judicial?

A PF já grampeou mictório de preso em Curitiba SEM AUTORIZAÇÃO JUDICIAL!

Mais uma, menos uma...

E se Operação Métis da PF tiver sido autorizada pelo mesmo juiz que mandou grampear Senador?

Renan, peita a PF do Alexandre Moraes, Renan!

Vamos ver se é o Renan Calheiros ou o Canalheiros!

PHA

Postar um comentário

***