Moro e Dallagnols santinhos do pau oco

Por Emanuel Cancella

Esse rapaz se apresenta como a imagem de um santo, mas de santo  não tem nada, ou melhor, como diz o ditado popular: “É um santo do pau oco’. Ele é o todo poderoso coordenador da Força Tarefa da Lava Jato, cujo chefe, Sérgio Moro, ao que parece, está correndo para o exterior, mais precisamente para os EUA.

O juiz Sérgio Moro funciona como um espião da CIA. E não daqueles que, durante a ‘Guerra Fria’, agia nos bastidores, já que Moro, verdade seja dita, joga aberto. Chamou os procuradores estadunidenses para investigar a Petrobrás; cedeu os ladrões da Petrobrás, presos, para servirem de testemunha contra a empresa, nos tribunais americanos. Sem contar também os vazamentos seletivos, a todo momento, levando à desvalorização da Petrobrás, tudo que os gringos almejam, para adquiri-la mais barato, o que , aliás, já estão fazendo.

Moro confessa que tem “Acordo de Cooperação” com os EUA, mas que não iria falar disso. Entretanto Moro é um juiz, um funcionário público, e não pode ter um acordo secreto com outro país, principalmente quando existe forte suspeita de  que esse acordo prejudica uma empresa pública, base da economia do país, no caso a Petrobrás (1).

Mas vamos voltar ao procurador Deltan Dallagnol, confesso que ainda não decorei esse nome. Esse jovem procurador é aquele que denunciou Lula, sem provas, mas com convicção, de que Lula era o comandante máximo da corrupção na Petrobras.

A sociedade começa a achar que o ‘Comandante Máximo da Corrupção na Petrobrás’ é FHC que, apesar das inúmeras denúncias na Lava Jato, nem sequer é investigado. FHC é tão forte que o seu pupilo, agora presidindo a Petrobrás, o tucano Pedro Parente, apesar de estar promovendo uma liquidação na Petrobrás, há quem diga o maior bota-fora do planeta, nada acontece com ele! E tudo sem licitação!

Pedro, por exemplo, está vendendo barril de petróleo do campo gigante de Carcará a preço de um refrigerante, quando o preço do barril no mercado internacional é de cerca de US$ 45.

Na gestão de Parente, tudo na Petrobrás está à venda: pré-sal, BR, refinarias, Liquigás, a maior rede de dutos, a do Sudeste, e muito mais.

Para que não reste dúvida de que esse é o maior feirão do mundo: Pedro Parente tirou, da Petrobras, os setores mais estratégicos, impulsionadores da economia e geradores de emprego e renda: o de biocombustíveis, petroquímico, fertilizantes e gás.

E, no pacote de Pedro Parente, está inclusa a construção naval, agora navios e plataformas vão ser construídos no exterior, gerando emprego e renda para os gringos.  Nos petroleiros, lutaremos para transformar todas essas liquidações sem efeito, como fizemos com as entregas do também do governo tucano, de FHC.

E o procurador, Deltan Dallagnol, chefe da Força tarefa, da Lava Jato, não está denunciando nada disso. Com o agravante de que a Lava Jato foi criada para investigar a Petrobras.

Deltan tem outras preocupações como tirar juízes e procuradores das punições na lei dos crimes de responsabilidade, já que esteve pessoalmente no Congresso Nacional, com a clara finalidade de amedrontar os parlamentares, nessa votação (2). Não funcionou sua manobra, a votação ainda não terminou mas, por enquanto, no Congresso Nacional, juízes e procuradores podem ser punidos por crime de responsabilidade.

Para mostrar também que, de santo, o procurador, Deltan Dallagnol não tem nada, esse rapaz comprou dois imóveis usando o subsídio  do Programa Minha Casa Minha Vida (3). Esse subsídio é dirigido às pessoas de baixa renda para que possam ter sua residência própria. E ainda não foi para ele morar, comprou para investir. Isso não é ilegal, mas é imoral!

Deltan Dallagnol faz parte de uma elite que ganha os altos salários da República, recheados de penduricalhos, como auxílio educação e moradia. Deltan Dallagnol faz parte da maioria, se não todos, dos juízes e procuradores que possuem moradia. Se possuem moradia, então deveriam abrir mão do auxílio.

A sociedade brasileira está sendo vítima da Lava Jato. Mas nos lembremos daquilo que, magnanimamente, falava o ex-presidente americano, Abraham Lincoln: “Você pode enganar algumas pessoas o tempo todo ou todas as pessoas durante algum tempo, mas você não pode enganar todas as pessoas o tempo todo.”    

Fonte: 1 -  http://falandoverdades.com.br/2016/11/28/moro-confessa-que-tem-acordo-de-cooperacao-com-eua-mas-que-nao-iria-falar-disso/

2 -http://epocanegocios.globo.com/Brasil/noticia/2016/11/mpf-nao-esta-aqui-para-fazer-pressao-diz-deltan.html

3 - http://www.diariodocentrodomundo.com.br/dallagnol-comprou-apartamentos-construidos-para-o-minha-casa-minha-vida-por-joaquim-de-carvalho/

Emanuel Cancella que é da coordenação do Sindipetro-RJ e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP)