Um blog comum, igual a todos diferente de cada um

Poesia Briguilino

O amor que tenho
O amor que sinto
Não cabe no universo
Não cabe no maior dos infinito
Cabe no meu coração
E parafraseando Tizé:
Inda sobra espaço