Essa notícia vai sair no Jornal Nacional?

Imagem da Avenida Paulista lotada de indignados por a Odebrecht ter pago apenas 2 milhões de reais ao "Santo" Geraldo Alckmin. Dizem eles:
Isso não é propina, é dízimo de Igreja de favelados.