"Santo" da Odebrecht faz judiciário de gato e sapato



Oficial de Justiça relata que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), se recusou a receber a intimação com a decisão liminar da Justiça que suspendia o reajuste da tarifa do transporte no Estado, que valeria a partir de hoje; alegando não ter sido ainda notificado, o governo manteve o aumento da passagem e adiantou que irá recorrer da decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo; o oficial de Justiça João Carlos de Siqueira Maia foi entregar o documento no fim da tarde de sexta-feira 6 no Palácio dos Bandeirantes, onde disse ter chegado às 17 horas e 20 minutos e esperado "em vão" até às 18 horas; agenda de Alckmin registrava compromisso no próprio local nesse horário.