Xadrez da delação do fim do mundo em uma 4ª de cinza, por Luis Nassif

Peça 02 - o assalto generalizado à República
O quadro a seguir é dantesco.
No mais alto cargo do Executivo, hum presidente impopular, sem nenhum carisma, negocista, com uma carreira política pavimentada pelo fisiologismo e por suspeitas reiteradas de corrupção.
No Congresso e nas estatais, tem-se o maior assalto à luz do dia da história da República:
1.     A privatização do satélite brasileiro.
2.     A entrega das concessões públicas às empresas de telecomunicações e radiodifusão.
3.     A anulação das reservas indígenas.
4.     A autorização para a venda de terras a estrangeiros que, se consumada, sancionará o maior processo de lavagem de dinheiro da história.
5.     A legalização do jogo.
6.     A entrega do pré-sal às operadoras estrangeiras, sem nenhuma exigência de contrapartida.
7.     As sucessivas tentativas de importação de alimentos, reeditando alguns golpes históricos da Nova República.
8.     A venda de ativos da Petrobras na bacia das almas.
9.     O fim do conteúdo nacional nos projetos de construção das plataformas marítimas.
Essa esbórnia foi entregue de bandeja pela Lava Jato para a pior organização política da República, em nome do combate à corrupção.
\o/