Brasil 247 - golpe foi suicídio político para o Psdb

O dado mais surpreendente da pesquisa Datafolha é a morte eleitoral do PSDB, partido que, após ser derrotado em quatro disputas presidenciais, partiu para um golpe irresponsável contra a democracia e contra os brasileiros; o líder desse processo, senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), nem é mais inserido nas pesquisas, assim como o senador José Serra (PSDB-SP); os dois candidatos que restaram, Geraldo Alckmin e João Doria, aparecem em quarto lugar, atrás do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de Marina Silva e Jair Bolsonaro; o mais surpreendente é que os tucanos não entram no segundo turno nem na hipótese de serem bem-sucedidos no "golpe 2.0", que seria a inabilitação de Lula pela via judicial – neste caso, Marina disputaria com Bolsonaro; assistindo à morte de seu partido, que se tornou sócio do governo mais corrupto da história do Brasil, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pede a renúncia de Michel Temer.

Postar um comentário

É o Google AdSense que sustenta o blogueiro

Se você for um blogueiro sujo, sabe que o Estado não investe no seu blog, mesmo que ele seja visitado por milhões de internautas (salvo rara...