O traíra maior: o Estado sou eu!

Brasil 247: "Depois da destruição da CLT, que pretende retroceder 70 anos nos direitos dos trabalhadores, Temer tenta obrigar o país a retornar ao absolutismo do século XVII, cujo símbolo era Luís XIV, aquele do 'Estado sou eu'", escreve Paulo Moreira Leite, articulista do 247; "Numa medida provisória destinada a intimidar o setor financeiro, próximo alvo da Lava Jato, Temer amplia a capacidade de punição do Estado e cria dificuldades para quem quiser fazer acordos de delação premiada, que podem apontar ninhos de corrupção dentro do governo, onde não param de surgir aliados cada vez mais próximos do próprio presidente", afirma PML; jornalista lembra que, sob a ditadura militar, a perseguição a empresários que não estavam alinhados com o regime deixou uma memória vergonhosa.

Postar um comentário

É o Google AdSense que sustenta o blogueiro

Se você for um blogueiro sujo, sabe que o Estado não investe no seu blog, mesmo que ele seja visitado por milhões de internautas (salvo rara...