Poesia do dia

E me chega não sei de onde
E se vai sem dizer nada
E volta do mesmo jeito

Calado, distante...

Fecha a cara quando peço risos
Muda os olhos
Quando quero cama...

E sem toques
Se repetem desejos...

Vivemos o mesmo drama.

Leônia Teixeira

***