Modus operandi de um bandido togado, por Diogo Costa

Toda a vez que tem algo de importante para acontecer, e que envolve a preservação dessa máfia de vermes, que assaltaram o poder para destruir os direitos do povo brasileiro, o salafrário e criminoso togado de Curitiba entra em cena e ataca alguém do PT.

É o modus operandi desse nazista chamado Moro, criminoso vulgar e traidor do Brasil. Isso vem acontecendo desde sempre.

Esse nazista criminoso, golpista salafrário que nada mais é do que a outra face de Temer, a outra face de Aécio e a outra face da Globo, atua em defesa direta e ferrenha do golpe que ajudou a desfechar.

Todas as desgraças que estão se abatendo sobre a população brasileira, desde a destruição dos direitos trabalhistas e previdenciários, desde a compra escancarada de votos para salvar o golpe e desde o gasto de bilhões de reais para engavetar a denúncia contra Temer, tem a digital do nazista de Curitiba.

Trata-se de um psicopata, golpista e verme salafrário de marca maior. Entrará para a história como o lixo humano que é e sempre foi e como um dos artífices da destruição da democracia brasileira.

Poucas vezes se viu alguém tão safado, tão vigarista e tão sem vergonha, além de mentiroso contumaz e corrupto dos pés até a cabeça, quanto este verme chamado Sérgio Moro.