Pular para o conteúdo principal

Deus deixou, em testamento, Iguatu para três ou quatro famílias? por Pedro Ítalo Alexandre



Hoje venho aqui não para criticar ninguém, até porque conhecendo o histórico da politica de Iguatu é perfeitamente compreensível a atitude de tirarem o senhor Nelieudo Alexandre (meu pai) do cargo de diretor da escola Elze Lima Verde Montenegro Na verdade venho aqui só para reconhecer o seu trabalho, sei que sou suspeito em falar do senhor, mas quem conhece o seu trabalho, dedicação e amor, sabe que o que vou falar agora não é nada mais do que a verdade.
No começo quando o senhor veio falar que seria diretor novamente, eu não compreendi essa decisão e pensei; mais pai o senhor já era para este aposentado para que isso agora? Mais hoje eu sei que tirar do senhor o que você ama fazer talvez seja o pior castigo que a vida poderia lhe dar.

Muitos podem achar que o que estou fazendo talvez seja uma maneira de me vingar, tentar rever a situação do meu pai, achem o que quiserem. Como eu disse, por mim ele já estaria aposentado. O motivo desse depoimento é muito maior que isso, na verdade o fiz para mostrar duas coisas:
  • 1° Que o senhor meu Pai fez um ótimo trabalho e tem o reconhecimento de toda a comunidade que é usuária da escola Elze Lima Verde Montenegro.
  • 2° Que o povo de Iguatu comece a pensar, até quando nos seremos vitimas dessa politica? 
O Iguatu é de todas as pessoas de bem, que queiram viver em comunhão nesse pedaço de chão, se Deus deixou algum testamento, deixando essa terra [Cidade] para apenas duas, três ou quatro famílias eu o desconheço.


Pedro Ítalo Alexandre
***