Perícia comprovou que Dilma é inocente. E agora?

Perícia técnica atestou que a presidente Dilma Rousseff não cometeu as inventadas "pedaladas fiscais", pretexto usado pela oposição para deflagrar o golpe parlamentar. Agora, depois da farsa desmontada os colunistas amestrados afirmam que a perícia não vale nada, não mudará um voto sequer dos senadores, porque o "impeachment" é um processo mais político do que jurídico. Esse argumento até foi aceito (pela defesa da presidente) para admissibilidade do processo. Mas, não será aceito para o julgamento final. Se o golpe não for abortado no Senado, Dilma levará o caso à CIDH -Corte Interamericana de Direitos Humanos -. O que será um tapa na cara do Legislativo e Judiciário. A presidente sabe disso e se pudesse não usaria este recurso. No entanto em defesa da Democracia ela usará todos recursos legais disponíveis. 

Ainda haverá Senadores em Brasília?...