Postagem em destaque

Abertura da fala de Haddad no Jornal Nacional na próxima semana

Fernando Haddad: Boa noite presidente Lula. Boa noite Bonner. Boa Noite Renata. Boa noite brasileiros e brasileiras. Assim como terei direi...

Esqueça o resto: é Globo versus Lula


Resultado de imagem para globo versus lula

- Entenda por "resto": os banqueiros, as forças armadas, o ministério público, o judiciário, legislativo e executivo. Todos comem nas mãos do irmãos marinho -
***
Gustavo CondeA censura voltou com a força que caracteriza as ditaduras. Eu havia antecipado que teríamos problemas no desfile das campeãs. Dito e feito. O historiador Léo Moraes que deu vida ao "vampirão" foi proibido de desfilar com a faixa presidencial - a Mídia Ninja registrou a ameaça pré desfile. E, até onde eu sei - não vi a transmissão -, os patos e as carteiras de trabalho sumiram do desfile televisionado.

Alô, historiadores: a Paraíso de Tuiuti é o grande estopim da intervenção no Rio de Janeiro. Preparem suas narrativas. A Globo foi humilhada e, junto com ela, o vampirão. Os dois, Globo e Vampirão, tomaram a decisão da intervenção, intervenção feita nas coxas e de improviso. Percebam como a Globo apoia desesperadamente a ação, todos os seus jornalistoches inclusos.
Eles acham que vão impedir o Morro de descer, mas o fato é que o morro já desceu. O morro de Tuiuti desceu e desceu bonito. E vai continuar descendo o resto do ano.
A ignorância generalizada de governo federal e Globo chegou a um ponto de não retorno e de violência explícita. O desespero de não construírem um candidato a 8 meses das eleições tomou de assalto o cronograma do golpe.
Acreditem: os Marinho só dormem com remedinho, assim como tucanos e emedebistas. A covardia e a incompetência, somadas a 'não saber perder', produzem a mais violenta das reações. O exército no Rio é a Globo que não sabe nem cobrar lateral e, por despeito, leva a bola para a casa.
Eles, Globo e Temer, Temer e Globo, acabaram de mostrar as credenciais: a partir de agora é censura e bala. O Rio, vocês sabem, é a casa da Globo. Ela está assustada com as ocupações de suas instalações - já programadas, inclusive, para re-edições especiais em 2018 -, com a própria ridicularização e com o ódio que recebe da população carioca. Uma emissora que semeou o ódio durante tanto tempo, agora se vê no olho do furacão dos ventos da repulsa social: a Globo é odiada pela população brasileira.
Mereceram. Foram enfrentar Lula como enfrentaram - de maneira torpe - e experimentam, agora, o próprio veneno. Foram tentar destruir  alguém que construiu sua legitimidade real junto ao povo durante 40 anos. Perderam. Como não disse Sean Parker - o fundador do Napster - sobre as gravadoras que ele jogou no limbo da história: elas ganharam na justiça, mas pergunta se alguém que comprar alguma ação da Tower Records?
Hoje, a batalha épica que vai definir o futuro do Brasil é Globo versus Lula. Temer e PSDB são apenas manifestoches na mão da Vênus Enferrujada, que ainda vai infectar muita gente com o tétano da desinformação. A Paraíso de Tuiuti abriu as cortinas da batalha final. Tomem as posições e protejam as fileiras.
***