Pular para o conteúdo principal

Menos sobre ele e mais sobre quem o elegeu, por Diogo Costa

Adolf Hitler e Benito Mussolini tinham uma retórica cativante, capaz de citar fatos históricos de séculos e milênios anteriores, capaz de discorrer sobre a situação financeira mundial, sobre política, geografia, história, economia, engenharia, etc e tal.

Eram capazes de falar durante horas a fio e de quase hipnotizar alemães e italianos com suas lendas urbanas movidas a ódio e preconceito.

Bozo é diferente. É incapaz de falar ou de discursar por mais de 5 minutos sobre qualquer assunto que seja. Possui uma burrice em grau nunca antes visto na história da humanidade, uma ignorância que se jacta pelo fato de ser única, colossal e inalcançável.

O fato do Bozo ser mais burro e tosco que um rabanete diz menos sobre ele e mais sobre quem o elegeu.








Comentários