Pular para o conteúdo principal

STF suspende investigação sobre Queiroz e outros servidores


Debaixo do tapete

 O Ministério Público do Rio de Janeiro, foi informado pelo Supremo Tribunal Federal, que terá de suspender as investigações sobre Fabrício Queiroz, assessores do ex-deputado Fávio Bolsonaro e também de servidores da Assémbleia Legislativa do Rio de Janeiro que tiveram movimentações atípicas dedectadas pelo Coaf.

O presidente Jair Bolsonaro, com a conivência do ministro Sérgio Moro já tinha decretado censura aos membros do Coaf.

É assim que esse desgoverno combate a corrupção.

Haja tapete.