Pular para o conteúdo principal

Mãos que sabem aplaudir


Contam que um famoso ator no auge do sucesso foi convidado para fazer um show beneficente para veteranos da Segunda Guerra Mundial. Ele aceitou o convite na mesma hora, e disse:

- Irei com o maior prazer. Porém desde já aviso que somente poderei ficar alguns poucos minutos pois estou com a agenda cheia de compromissos anteriormente assumidos.

O organizador do evento agradeceu. Marcaram o horário e se despediram. Na hora combinada o artista chegou, fez um pequeno monólogo, foi entusiasticamente aplaudido. E continuou o espetáculo por muito mais tempo que o acertado. Quando finalmente saiu do palco foi perguntado:

- Se você disse que só poderia ficar alguns minutos, porque demorou tanto?
- Você prestou atenção aqueles dois veteranos que estavam no centro da primeira fila?
- Não. Mas, o que eles tinham diferente dos demais?
- Um tinha apenas o braço direito. O outro apenas o braço esquerdo. E foram exatamente eles os que mais me aplaudiram.
- Como assim?
- Eles uniram suas mãos.
Tim Hansen

Comentários