Conteúdo de Qualidade Superior

Aécio teve despesas pessoais pagas pela Odebrecht

Quando o marqueteiro João Santana, que trabalhou para a campanha eleitoral da chapa Dilma/Temer foi preso por Sérgio Moro, na Operação Acarajé, acusado de receber de caixa 2 no exterior, o senador e candidato derrotado Aécio Neves (Psdb-MG), afirmou:

" Ultrapassamos a fase testemunhal das delações e chegamos à fase documental. As investigações mostram que o publicitário do PT recebeu dinheiro durante o período eleitoral".

Pois não é que agora o tucano graúdo está envolvido nas delações da empreiteira por motivos bem mais sérios. Segundo executivos, Aécio teve despesas pessoais pagas por seu marqueteiro Paulo Vasconcelos. Afirmam os investigadores (PF e MPF) tudo está muito bem documentado.

Caso as delações sejam confirmadas, ficará provado que o esquema entre a Odebrecht e marqueteiro era com o mineiro emplumado e não com a presidenta Dilma Rousseff.
Resultado de imagem para charge aécio moro*