Lava jato conseguiu: perseguição a Lula virou Deboche

O ex-presidente Lula foi indiciado hoje pela terceira vez no ano. Desta vez, a denúncia da operação Lava Jato aceita pelo Ministério Público Federal acusa Lula de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

É a terceira vez que uma denúncia contra o ex-presidente é aceita, o que o torna réu pela terceira vez na operação. Ele também foi acusado, em julho, de tentar comprar o silêncio de Nestor Cerveró e, em setembro, de ter aceito a reserva e a reforma de um apartamento no Guarujá como propina da OAS.

Entre amigos, o ex-presidente já vem sendo chamado de “Leonardo DiCaprio de Caetés”. “Já foi indicado várias vezes mas nunca leva”, disse um amigo de longa data. “Será que ele vai ter que brigar com um urso para ser preso?”, brincou outro.

Em nota oficial, Lula disse que já decidiu que música vai pedir no Fantástico após o terceiro indiciamento: “Você não soube me amar”, da Banda Blitz. Segundo Lula, será dedicada aos procuradores de Curitiba.

Em meio a todas as complicações judiciais, uma suspeita surgiu no núcleo duro petista: a de que Lula, com medo do xadrez, tenha se filiado ao PSDB para não ser preso.

“Ou estão tratando o Lula como tratam os intocáveis do PSDB que nunca são presos, ou seja, de maneira igualitária, ou o Lula se filiou e não falou a ninguém”, teria dito o presidente do PT Rui Falcão, que teria ainda assim elogiado a postura do “líder”.

M Zorzanelli
No Sensacionalista

S0M3NT3 Cl1C3R S3 0 4NÚNC10 T3 1NT3R3SS4R S0M3NT3 Cl1C3R S3 0 4NÚNC10 T3 1NT3R3SS4R

***