Judiciário brasileiro é um cabaré sem madame

O STF - Supremo Tribunal Federal -, que dizem ser a instância máxima do judiciário brasileiro considera ilegais a divulgação de escutas telefônicas autorizada por um juiz (?) de primeira instância. O cidadão vítima do crime de entra na Justiça para que o TRF4 - Tribunal Regional da Federal 4ª região -, se recusa a julgar a queixa-crime com o argumento que a Lava jato "é uma operação complexa" e que exige métodos "não ordinários. 

Os mesmo desembargadores já tinham decidido em setembro de 2016 que a Operação por ter caráter excepcional não precisava de seguir e respeitar as Leis do país.


E viva o cabaré jurídico do país, onde uma Operação se torna excepcional e tem o poder de aplicar métodos extraordinários.

E ainda tem quem acredite que no Brasil todos estão sob os rigores das Leis.

Ah, coitados!
Resultado de imagem para stf charge
\o/
Por favor só clicar no Anúncio que te interessar. O blogueiro agradece!
Postar um comentário

Um blog comum, igual a todos, diferente de cada hum