O Traíra Temer não entende de peixe nem carne. Entende mesmo é de golpe e roubo

Da Coluna do Estadão, sobre a confusão de Michel Temer ter levado os importadores de carne brasileira a uma churrascaria que só serve carnes importadas, como se fosse provar assim a qualidade do produto nacional:
Após a Coluna do Estadão publicar a informação de que a Steak Bull não trabalha carne bovina nacional, a assessoria do presidente Temer divulgou a seguinte nota: “Todas carnes servidas, neste domingo, ao presidente Michel Temer e aos embaixadores convidados para jantar na churrascaria Steak Bull foram de origem brasileira. A gerência do estabelecimento inclusive apresentou os produtos servidos a órgãos sérios da imprensa que questionaram a origem do produto.
Ah, seu Temer, o senhor está dizendo que o Estadão não foi “sério”?
Pois a colunista ficou mordida e transcreveu o diálogo  com o gerente da churrascaria:
Boa noite, gostaria de saber da procedência da carne servida na churrascaria…
As nossas carnes são red angus, picanha australiana, picanha uruguaia… A gente não trabalha com carne brasileira, só   européia, australiana e uruguaia.  
Há uma preocupação…
É eu sei, eu vou facilitar para a senhora. Eu trabalhei dez anos no Porcão, dois anos no Fogo de Chão. A gente não trabalha com marcas nacionais, mesmo porque a qualidade delas caiu há três anos, é só marketing mesmo.
Entendi…
A gente trabalha com transparência. Pode me procurar que eu mostro a nossa câmara fria, mostro nosso açougue.
Nem a costela é brasileira?
A costela nossa é uruguaia. A gente estava trabalhando com uma costela (marca nacional), mas de boi europeu. Fique à vontade para conhecer nossos açougues, nossas carnes. Você chega aqui e a gente mostra com transparência.
***
Quem sabe o Dr. Janot ou a Polícia Federal fazem uma investigação sobre a origem das carnes da churrascaria? Será que tem nota fiscal? Será que a caixa de picanha é um ou é dois? Tomara que o presidente não tenha um piriri amanhã, vai ser um desastre paras nossas exportações; Ou será que para as importações, porque a gente põe a culpa nos argentinos, nos uruguaios,  nos australianos, nos europeus…Meu Deus, até onde vai o ridículo deste governo….É um “rodízio de burrice”e sem aquela rodelinha do “não, obrigado”
Postar um comentário

Um blog comum, igual a todos, diferente de cada hum