Orlando Souza - Lamentável e abominável sim. Mas nenhuma surpresa

Lamento pelo que fizeram com o Brasil.
O golpe não foi contra uma presidente. Não foi contra um partido.
O golpe não foi contra Lula.
O golpe foi contra uma Nação.
Uma nação que trabalha. Contra um projeto de Povo. Um povo que ousou sonhar um dia.
A condenação de Lula é a condenação dessa Nação, desse Povo - e jamais a de uma mulher e a de um homem cujo pecado maior foi ter tirado o País do Mapa da Fome das Nações Unidas e botar um sorriso de orgulho na cara dos brasileiros.
O impeachment da presidenta Dilma, assim como a condenação do Lula em primeira instância e as reformas previdenciárias e trabalhistas.
O desmonte da indústria nacional, o esfacelamento da Petrobras e do Pré-Sal.
A venda de nossas terras e reservas minerais, inclusive de aquíferos, consiste em reais ameaças à soberania nacional.
O que está em jogo é a riqueza do país, o patrimônio do povo brasileiro. Os direitos consagrados do nosso povo, sobretudo dos mais pobres, dos mais desprotegidos e da classe trabalhadora.
O golpe seguirá com Temer ou com Maia. O golpe seguirá com a Globo.
A Globo seguirá no golpe.

Postar um comentário

É o Google AdSense que sustenta o blogueiro

Se você for um blogueiro sujo, sabe que o Estado não investe no seu blog, mesmo que ele seja visitado por milhões de internautas (salvo rara...