Pular para o conteúdo principal

A frase do dia é de Luiz Fernando Veríssimo

(...) Como será difícil distinguir um marginal vermelho de um cidadão comum, agora que até a direita e a extrema-direita usa barba, sugiro que se costure uma estrela vermelha nas roupas dos marginais, para identificá-los. Deu certo em outros países.


Leia também: Pra desopilar

Comentários