Pular para o conteúdo principal

A penúltima sobre o Mais Médicos

Jair Bolsonaro decidiu:
Apartir de 1º de Janeiro de 2019 pessoas doentes devem dirigir-se a Igreja Universal mais próxima. Durante o trajeto deve ir fazendo gesto de armas com os dedinhos. Lá chegando serão curados com água, sal, orações e apenas mais 20% de acréscimo do dízimo. Caso não seja fiel, assine o recibo e o governo federal (Bolsonaro) pagará a conta.

Brasil acima de tudo!


Clique no anúncio, apenas se te interessar!