Conteúdo de Qualidade Superior

Quadrilha de Curitiba causa inveja ao mais caro corrupto do país



Acordos de leniência preveem repasse de até 20% para o MPF - Ministério Público Federal -

Essa quadrilha de Curitiba nunca me enganou, prova maior e pior que esta é preciso ou ainda tem coxinha que precisa de mais? É bem possível que nem desenhado o midiota compreenda.

Mas, apenas a título de comparação:

Léo Pinheiro, empreiteiro dono da OAS disse que pagou ao então governador de Minas Gerais, Aécio Neves (Psdb) 3% de propina na construção do Centro Administrativo de Minas Gerais.

O custo total da obra foi (arredondado) 1,3 bilhão de real. Quer dizer, o playboy embolsou uns 39 milhões de reais.

Pois bem, um acordo de leniência assinado pela quadrilha de Curitiba renderia para turma a bagatela de 100 milhões.

Isso sem ter ninguém para perturba-los.

Assim como acontece com o que embolsam "legalmente" no contra-cheque mensal de cada juiz e promotor do Brasil.

(...) Chame, chame o ladrão, chame o ladrão...