Leonel Brizola foi para Delfim Netto o que Lula é para Moro, Obsessão

Resultado de imagem para obsessão
Pois não é que no meio de uma entrevista o ex-ministro todo poderoso da ditadura, Delfim Netto, sem sequer ser citado o nome de Leonel Brizola, sem lé nem cré dispara sua verborragia cheia de merda:
"O senhor já tem direito aos 100%... começou a trabalhar com uns 14 anos, se não me engano?
Sim. Mas o mais importante não é isso, o mais importante é o seguinte. A mensagem do governo é correta. Se você não enfrentar esse problema nós não vamos virar Grécia, não, vamos virar Rio de Janeiro. Olha pro Rio Grande do Sul! O Rio Grande do Sul... onde passou o Brizola é terra arrasada!
O Brizola é o culpado pelo que acontece hoje?
Basta olhar. No Rio Grande do Sul, a bisavó, a avó, a mãe e a filha estão aposentadas.
Isso foi o Brizola que fez?
O Brizola que fez isso. Tanto é que... no Rio também! Por que? Porque ele não tem o menor respeito pelos recursos públicos!

Brizola era um incendiário?
O Brizola? Não, imagina... o Brizola era bombeiro..."

Lembrete:
Brizola foi governador do Rio Grande do Sul de (1959 a 1963), as principais realizações do seu governo foram: Duplicar a quantidade de Escolas e realizar a reforma agrária no Estado. No Rio de Janeiro ele foi governado de (1983 a 1987 e de 1990 a 1994) as principais realizações foram: a criação dos CIEPS, o Sambódromo, Linha Vermelha, Universidade Estadual do Norte Fluminense.

Minha opinião:  Delfim tá caducando.
Os "politicamente correto", me reprenderão dizendo: você é um ignorante, hoje ninguém mais caduca, quando muito tem mal de Alzheimer. 

Abaixo o velho e atualíssimo Brizola responde a Delfim, Moro e demais liberais meritocratas de araque.

***