Investigação contra Aécio acaba ante de começar

Brasil 247 - Prescreve uma das frentes de investigação contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), com base na delação do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, que prestou depoimento em maio do ano passado; segundo o delator, o tucano teria recebido R$ 1 milhão em 1998, quando ainda era deputado federal; o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu investigação ao STF em outubro de 2016 e teve o retorno do pedido no mesmo dia, mas se manifestou novamente apenas nesta quinta-feira, quando pediu o arquivamento por prescrição
Mais uma canalhice para incluir na série: Judiciário, o mais corrupto dos poderes
\o/
A meta do blog são três cliques em anúncios, por dia.

Saiba porque a quadrilha de Curitiba não aceitou a delação de Marcos Valério

Delação do empresário Marcos Valério é bombástica e atinge não apenas o senador Aécio Neves (PSDB-MG), como também o ex-presidente F...