Máxima do desgoverno do Michê Traíra

Não basta ser desonesto. Tem de ter folha corrida de corrupto de colarinho branco. Quanto mais acusações, mais prestígio junto ao chefe e status entre os demais colegas de roubalheira. Prova cabal dessa prática são os "homens fortes" do governo:
  • Geddel Vieira - anão do orçamento
  • Moreira Franco - Proconsult
  • Eliseu Padilha - DNER
Bill Mayer - Blab