Bom dia

Senhor, na tranquilidade deste dia que amanhece, venho pedir-te paz, paciência e força.
Desejo olhar a humanidade cheio de amor, compreensivo, justo e transbordando de alegria.
Quero vê meus irmãos como o Senhor enxerga e nos trata, com carinho, gentileza e bondade.
Senhor, cobre-me com a tua pureza e que durante este dia eu possa te revelar a todos que atravessarem nosso caminho.
Amém!



Ariano Suassuna: Amo a vida. Odeio a morte!

A cachorra morreu. Cumpriu sua sentença. Encontrou-se com o último mal irremediável. Aquilo que é a marca de nosso estranho destino sobre a Terra. Aquele fato sem explicação que iguala tudo que é vivo, que só rebanho de condenados. Porque tudo que é vivo, morre...
Chicó em O Auto da Compadecida